Devoção da Primeira Sexta

Devoção das Nove Primeiras Sextas-feiras

A primeira sexta-feira do mês é um dia especial para honrar o Sagrado Coração de Jesus.

Veja o que Nosso Senhor disse a Santa Margarida Maria Alacoque:
"Eu te prometo, na excessiva misericórdia do meu Coração, que meu amor todo poderoso concederá a todos aqueles que comungarem, em nove primeiras sextas feiras do mês seguidas, a graça da penitência final, que não morrerão na minha desgraça, nem sem receberem os sacramentos e que o meu divino Coração será o seu asilo seguro no último momento."

Para merecer as graças desta grande promessa é necessário:
1 - Receber o sacramento da Penitência (confissão), para ficar em estado de graça, isto é, sem pecado mortal;
2 - comungar na primeira sexta feira de cada mês, por nove meses seguidos;
3 - comungar com a intenção, única e exclusiva, de honrar de modo especial o Sagrado Coração de Jesus e desagravá-Lo de nossos sacrilégios e ofensas;
4 - renovar, em cada comunhão, a intenção de cumprir a devoção das nove primeiras sextas feiras, a fim de obter o fruto da grande promessa: a penitência final, isto é, o perdão dos pecados na hora da morte.

Seja devoto(a) do Sagrado Coração de Jesus. Segundo Santa Margarida Maria, a quem Jesus revelou esta grande promessa, "a principal finalidade desta devoção é levar as almas ao Divino Amor". Ame Esse Coração que só sabe amar e pagar com mais amor todo amor que recebe.

Sagrado Coração de Jesus escola portuguesa século XIX

 

Conheça as promessas:

1ª Promessa: “A minha bênção permanecerá sobre as casas em que se achar exposta e venerada a imagem de Meu Sagrado Coração”;

2ª Promessa: “Eu darei aos devotos de Meu Coração todas as graças necessárias a seu estado”;

3ª Promessa:
 “Estabelecerei e conservarei a paz em suas famílias”;


4ª Promessa: “Eu os consolarei em todas as suas aflições”;

5ª Promessa: “Serei refúgio seguro na vida e principalmente na hora da morte”;

6ª Promessa: “Lançarei bênçãos abundantes sobre os seus trabalhos e empreendimentos”;

7ª Promessa: “Os pecadores encontrarão, em meu Coração, fonte inesgotável de misericórdias”;

8ª Promessa: “As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas pela prática dessa devoção”;

9ª Promessa: “As almas fervorosas subirão, em pouco tempo, a uma alta perfeição”;

10ª Promessa: “Darei aos sacerdotes que praticarem especialmente essa devoção o poder de tocar os corações mais endurecidos”;

11ª Promessa: “As pessoas que propagarem esta devoção terão o seu nome inscrito para sempre no Meu Coração”;

12ª Promessa: “A todos os que comunguem, nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna”.

 

 

 

 

 

 


Imprimir   Email

Artigos relacionados

Devoção à Divina Misericórdia indicada por Jesus à Santa Faustina

Devoção à Divina Misericórdia indicada por Jesus à Santa Faustina

O que significa "Christo nihil praeponere"?

Celebrando a Santa Missa

Celebrando a Santa Missa